• Redação Circular

Abertura e mais 2 dias de debates e oficinas

A programação do 2o Fórum Circular Campina Cidade Velha abre na quinta-feira, 21, às 19h, no Museu de Arte Sacra, com cerimonial e palestra culminando com a exposição.


Foto: Claudio Ferreira


"A Pele que Habito”, com fotografias de Otávio Henriques e Cláudio Ferreira (foto neste post), e da convidada Ursula Bahia. Depois da abertura, o evento segue na sexta-feira, 22, tendo pela manhã a mesa redonda “Problemas e soluções para a regularização das edificações da área tombada” e a roda de conversa sobre “Projetos integrados para o patrimônio de Belém”.


A experiência Circular e a potencialização de novas Redes Socioculturais locais

De tarde será realizada a palestra “Projeto Natal Desenhada” e será formado o Grupo de Trabalho que discutirá “Diretrizes para projetos e propostas de reabilitação do centro histórico e áreas de entorno”. O segundo dia do evento encerra com a apresentação cultural do Grupo de Música Antiga da Fundação Carlos Gomes, no âmbito do Projeto Música nos Museus.


No sábado,23, será realizada a oficina “A experiência Circular e a potencialização de novas Redes Socioculturais locais”, pela manhã, contando com a participação da equipe gestora do projeto, formada por Tamara Saré, coordenação, Luciana Medeiros, coordenação de comunicação e Yorranna Oliveira, da produção executiva, além da participação de Makiko Akao, idealizadora do projeto Circular.


E pela parte da tarde, outra oficina “Roteiro Geo-Turístico: fundamentos teóricos e metodológicos – como construir e implementar?”, também será mais um momento de compartilhar as expertises para se construir um roteiro em seu bairro ou cidade. A ação conta com a Profa. Dra. Maria Goretti da Costa Tavares, Magaly Caldas Barros – Mestranda PPGEO/UFPA, Vivian Larissa Monteiro Albuquerque – Mestranda PPGEO/UFPA e Sabrina Forte e Silva Gonçalves – Doutoranda PPGEO/UFPA.


O 2º fórum conta com patrocínio do Banco da Amazônia, Alubar e Fundo Casa, por meio da Lei Rouanet, e apoio de Milton Kanashiro, IOEPA – Imprensa Oficial do Estado -, Maxcolor, IPHAN – Instituto de Patrimônio Histórico Nacional – PA, Fórum Landi – UFPA, Sol Informática, Sesc, AMPEP, Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Sistema Integrado de Museus – SIM – por meio da Secult – Governo do Estado e Co-Produção da Cultura – Rede de Comunicação. A realização é do Projeto Circular e Associação Amigos de Belém, Secretaria Especial de Cultura – Ministério da Cidadania – Governo Federal.


O encerramento do Fórum, a partir das 17h, contará com apresentação de resultados do grupo de trabalho e apresentação artística no pátio interno do Museu do Arte Sacra.


O Projeto Circular


Em seis anos de projeto, a rede Circular Campina Cidade Velha já conta com 54 parceiros, entre ações, projetos e espaços culturais e colaborativos situados nos bairros históricos de Belém, a rede de parceiros pretende fortalecer e consolidar-se como um corpo social representativo a fim de demandar aos poderes executivo e legislativo ações efetivas de preservação e potencialização desse patrimônio cultural.


Por meio de ação compartilhada e democrática, a expectativa é gerar desenvolvimento com programas de moradia, financiamentos para recuperação das edificações e pequenos negócios que possam também gerar renda, empregos e tributos de forma associada a ações de fomento, promoção e divulgação das atividades e ofertas, além de ações de capacitação e qualificação educativas.


Mobilizando e articulando projetos, proposições e iniciativas diversas que já acontecem na área tombada, o Circular a partir das deliberações do primeiro Fórum Circular/2018 e dos resultados do Grupo de Trabalho Ações Emergenciais, vem estabelecendo canais de diálogo com os entes federativos, na perspectiva de ampliar o alcance dessas diversas ações e contribuir para a recuperação dos bairros Campina, Cidade Velha e imediações.


Partindo do entendimento comum de que essas novas atividades que vem sendo implementadas na área nos últimos anos contribuem para atrair novos moradores, empreendedores e consumidores, agregando novas perspectivas econômicas, inclusive incrementando o turismo cultural com a implementação de roteiros temáticos para moradores e visitantes.


Serviço


Programação completa e inscrições pelo site – http://projetocircular2.hospedagemdesites.ws/forumcircular/ O credenciamento será realizado no dia da abertura, das 16h às 18h30, no Museu de Arte Sacra – Complexo Feliz Lusitânia –, onde a programação segue até dia 23, com mesas, palestra e oficinas.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo