• Redação Circular

Ana Lobato, Nilza Maria e Rubens Gomes

Atualizado: 7 de jun. de 2021

A atriz faleceu no dia 15 de maio, aos 90 anos de morte natural. Foram mais de 70 anos dedicados às artes.





Nilza, Rubens, Ana. Em cada nome, uma história. Em cada história, uma vida que nos deixou um legado de arte, cultura e solidariedade. O mês de maio foi de grandes perdas para a cultura brasileira. O Circular rende mais homenagens neste domingo, 7 de junho, em sua 31ª edição, em formato digital pelas suas redes sociais @ocircular, no facebook, e @circularcampinacidadevelha, no Instagram.


"As conversas editadas resultaram em perfis exibidos em monitores e compuseram uma instalação, resultando em cerca de 90 minutos de vídeo, apresentada no Estúdio Reator no dia 08 de Dezembro de 2017”.

Uma intérprete que se destacava pelo seu talento, brilho e sorriso largo. Nilza Maria iniciou sua trajetória artística pelas tradicionais novelas de rádio, uma das pioneiras no veículo de comunicação mais popular do país entre os anos 40 e 50. Depois, migrou com o seu talento para as telas do cinema e o teatro e chegou ao século XXI como ícone dos palcos no Pará.


A atriz faleceu no dia 15 de maio, aos 90 anos de morte natural. Foram mais de 70 anos dedicados às artes. Neste domingo, vamos apresentar um pouco mais do talento desta artista paraense em dois curta metragens: Açaidinha e Açai com Jabá. O primeiro é resultado da Oficina de Prática Cinematográfica, realizada por Homero Flávio.


O segundo, tem a direção de Alan Rodrigues, Marcos Daibes e Walério Duarte e foi realizado, em 2002, com recursos do Concurso de premiação de projetos de obras audiovisuais de curta-metragem de produção independente, do hoje extinto Ministério da Cultura.


Ana Lobato


Professora do curso de Cinema e Audiovisual, da Faculdade de Artes Visuais do Instituto de Ciências da Arte, da UFPa, Ana Lobato construiu uma carreira de afetos e de pesquisa em cinema na Amazônia, contribuindo com grupos e movimentos de cinefilia na região. Nos deixou em cinco de maio. Ela lutava contra um câncer há mais de um ano.


Dirigiu, entre outros trabalhos, “Conversa com Mestres Salientes” selecionado no Prêmio de Produção e Difusão Artística, da Fundação Cultural do Pará, em 2017, onde ela conversava com personalidades da cultura paraense que se destacavam pelo jeito “jovem e galhofeiro”, mesmo já vivendo na chamada melhor idade.


“As conversas editadas resultaram em perfis exibidos em monitores e compuseram uma instalação, resultando em cerca de 90 minutos de vídeo, apresentada no Estúdio Reator no dia 08 de Dezembro de 2017”, explica a divulgação do vídeo no Youtube que está na programação deste Circular digital.


Ana Lobato também se aventurou como atriz participando do filme Miguel Miguel, dirigido por Roger Elarrat. A adaptação da obra do escritor Haroldo Maranhão pode ser conferida na mostra on line Égua do Filme!, catálogo virtual com obras audiovisuais paraenses disponibilizado pelo festival Amazônia Doc. Ela também poderá ser vista no vídeo Terra dos Rios, produzido pelo espaço Na Casa do Artista.


Ativismo, música e lutheria


Outra homenagem será ao músico, luthier e ativista ambiental Rubens Gomes, conhecido como Rubão, 60 anos. Ele foi reconhecido como um dos defensores históricos da Floresta Amazônica e das populações tradicionais. Faleceu vítima da covid-19, no dia 29 de maio.


Entre as ações de apoio às populações quilombolas, coordenou a construção do Protocolos Comunitários no Arquipélago do Bailique e Beira do Amazonas, ambos no estado do Amapá. Era presidente do Grupo de Trabalho Amazônico – GTA, Líder Avina e Fellow Ashoka, e presidente da Rede Sustentabilidade no Amazonas, partido fundado pela ex-senadora e ambientalista Marina Silva.


Rubão também criou a Oficina Escola de Lutheria da Amazônia para atender estudantes de famílias de baixa renda da comunidade. A escola tornou-se uma referência na produção de instrumentos musicais de corda, arte e informática. A luteria é a arte e a ciência de construir instrumentos musicais com cordas dedilhadas e caixa de ressonância, como o violão.


NOSSA PROGRAMAÇÃO – ACESSE


Domingo, 7 de junho

10h – Vídeo Rubens Gomes – Ativista, músico e luthier

12h30 – Curta Açaidinha

12h40 – Curta Açaí com Jabá

14h00 – Mestres Salientes – Dir. Ana Lobato

14h20 – Vídeo Terra dos Rios


Confira tudo que vai rolar na 31ª edição: https://bit.ly/Circular31

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo