• Redação Circular

Circular abre inscrições para oficinas on-line

Atualizado: 7 de jun. de 2021

Serão realizadas quatro oficinas em outubro, três em novembro e mais uma em dezembro


Integrando o 2º Ciclo Educativo do projeto Circular Campina Cidade Velha,

serão oferecidas 8 oficinas digitais ao público, de forma gratuita, até o mês de dezembro.




“Para nós, da equipe gestora, todo o processo foi incrível. Desde à formatação do edital a esse resultado final. Essa é a primeira vez que as oficinas são selecionadas através de um edital. Este ano, as propostas deveriam pensar em ferramentas 100% digitais."

Além de gratuitas, as qualificações têm 50% das vagas destinadas para pessoas em situação de vulnerabilidade social e trazem como proposta formas de dialogar com o centro histórico, de se comunicar e empreender em Belém, além de ensinar a organizar e produzir conteúdo, entre outras temáticas que visam a valorização e a articulação do patrimônio cultural brasileiro. Serão realizadas quatro oficinas em outubro, três em novembro e mais uma em dezembro. As inscrições para as oficinas de outubro já estão abertas, no site.


“Esse é o segundo do ciclo de ações educativas. Na primeira edição, tivemos propostas de oficinas que foram elaboradas pela própria rede de parceiros do Circular, uma iniciativa mais interna e piloto. Nosso público-alvo naquele momento era o morador/trabalhador do Centro Histórico”, afirmou a coordenadora do projeto, Adelaide Oliveira.


O que muda é que a partir desta edição, que oferece oficinas até dezembro de 2020, além de ser feita uma seleção pública para recebimento de propostas externas, o público do Circular também ganha outro alcance e se diversifica também. “Não apenas porque as oficinas são on-line e gratuitas, mas porque a natureza de cada uma delas também é diversa, plural. Como é a própria essência do projeto”, explica Adelaide.


Devido à pandemia do coronavírus, as oficinas deste novo ciclo devem apresentar metodologias que sejam viabilizadas pela internet, com propostas didáticas alinhadas às plataformas e redes sociais digitais como Facebook, Whatsapp, Google Meet, Zoom, Youtube, Google Classroom, entre outros. Para as oficinas de outubro os links de inscrição no site já estão ativos. Fique atento ao cronograma disponibilizado no site para as que serão realizadas em novembro e dezembro.


Experiências narrativas e Comunicação Digital


A primeira oficina de outubro, “Traduções visuais de narrativas/experiências no Centro Histórico belenense” já inicia no dia 3, seguindo em dias alternados até final de novembro. Serão reunidas narrativas e experiências de gênero, raça e idade constituídas a partir dos espaços do centro histórico, resultando em histórias em quadrinho. As inscrições vão até dia 27 de setembro.


A oficina será ministrada por Marcos da Silva Cruz, professor de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa. Mestrando em Letras pela Universidade Federal do Pará (PPGL/UFPA), ele atua como sócio colaborador da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN) e como mediador do Ateliê de Leitura, Oralidade e Escrita (UFPA). Tem experiência com a aplicação de oficina para formação de professores e de produção de tecnologias educacionais.


A oficina “Matrigestão e Comunicação Digital: tecnologia e saberes femininos”, do Coletivo Aparelho, que será desenvolvida de 5 a 27 de outubro, em dias alternados, propõe a criação de espaços de diálogo entre mulheres cisgênero e transgênero, entre 16 e 60 anos, moradoras da Comunidade do Porto do Sal – Cidade Velha. A proposta é impulsionar estratégias de autonomia e sobrevivência, utilizando imagem, palavra e memória, que possam resultar em conteúdos de comunicação nas redes sociais. As inscrições vão até dia 30 de setembro.


Composto por artistas e gestores, que atuam principalmente no campo das artes visuais, além da rede de colaboradores e voluntários, o coletivo Aparelho é um projeto de Arte e Cidadania que existe desde 2015, surgindo do desejo de ocupar a cidade, compartilhar processos e modos de atuação. Realiza há 5 anos “Ocupação Artística” do Mercado Municipal do Porto do Sal.


Desde 2016 atua no incentivo e fomento a leitura, na “Biblioteca do Porto” (Box 5 do Mercado do Porto do Sal). Em parceria com artistas e coletivos, articula e realiza atividades socioculturais para crianças e adolescentes da Comunidade do Porto do Sal – Cidade Velha.

Empreendedorismo nas redes sociais e contação de histórias.


A terceira oficina de outubro é “Construindo uma comunicação engajadora”, ministrada por Aline e Brenda Paes, da Méle Produções. Inicia no dia 17 com três aulas alternadas, até o dia 31. O objetivo é ajudar empreendedores locais a entender melhor como construir uma comunicação mais positiva para os seus negócios. As inscrições vão até dia 8 de outubro.


Brenda Paes tem formação em Marketing Digital pela PUC Minas e possui experiência nos segmentos de vendas, mercado, planejamento, comunicação e marketing. Atualmente é empreendedora na Melé Produções, onde trabalha na Direção de Comunicação Estratégica de Projetos Culturais, e está Diretora de Marketing do Açaí Valley. Além disso, criou o Manas do Marketing, negócio focado em empreendedorismo feminino e comunicação, realizando palestras, consultorias e mentorias focadas em marketing digital e comunicação estratégica.


Já Aline Paes, graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, tem especialização em Comunicação Institucional. Possui experiência em comunicação interna e externa, organização de processos e planejamento de ações de comunicação. Sua atuação como jornalista em diversos veículos de mídia foi fundamental para construir sua visão sistêmica do ato de se comunicar. Atualmente é analista na Libra Branding, atuando com Consultoria Estratégica de Marca. Também faz parte do Manas do Marketing, onde realiza palestras, consultorias e mentorias sobre comunicação estratégica no ambiente digital.


A quarta oficina de outubro, Belém em cada Conto, com Kadu Santoro, vai formar 10 pessoas para a contação de histórias, utilizando como base o livro “Crônica Histórica e Sentimental de Belém do Pará”, de Iran de Souza. A ideia é apresentar a cidade Belém e com isso chamar a atenção do público para a literatura produzida na cidade. Vai ser realizada em dias alternados, em outubro de 19 a 28 e nos dias 2 e 4 de novembro. As inscrições vão até 11 de outubro.


Ator e contador de histórias com mais de 18 anos de carreira, Kadu é formado em licenciatura em teatro e também atua como diretor, produtor e art- educador. Como ator participou de diversas peças, teve participação na novela “Beleza Pura” e integrou o grupo Contadores de Histórias, no Rio de Janeiro. Em Belém, integra o Grupo Bric Brac, fez parte do elenco da série “Amazônia Oculta”, da TV Brasil, e roteirizou e dirigiu a peça infantil “Sonha, Tonha” e “Acorda, Maria”. Desde de março, ele produz lives no Instagram @tiokadudu e vídeos no canal do YouTube Tio Kadudu.


Veja todas as oficinas


Traduções visuais de narrativas/experiências no Centro Histórico belenense

Ministrante: Marcos da Silva Cruz

Inscrições: de 17 a 27 de setembro.

Realização: 3, 10, 17, 24, 31 de outubro e 10, 7, 21 e 28 de novembro

Horário: 8h às 10h


Matrigestão e Comunicação Digital: tecnologia e saberes femininos

Ministrante: Coletivo Aparelho

Inscrições: 21 a 30 de setembro.

Realização: 5, 12 e 19, 26 e 27 de outubro.


Construindo uma comunicação engajadora

Ministrantes: Aline e Brenda Paes – Melé Produções

Inscrições: 28 de setembro até 8 de outubro.

Realização: 14, 24 e 31 de outubro

Horário: 9h às 12h


Belém em cada conto

Ministrante: Kadu Santoro

Inscrições: Até 11 de outubro

Realização: 19, 21, 26 e 28 de outubro; 2 e 4 de novembro

Horário: 18h às 20h


Projeto Circular: Empreendedorismo, Cultura e Conexão

Ministrantes: Helen Gonçalves e Jana Borghi (Casa Sete)

Inscrições: 12 a 22 de outubro.

Turma 1: 2, 4 e 6 de novembro – 19h às 21h

Turma 2: 9, 11 e 13 de novembro – 15h às 17h


Cenas em Horizonte

Ministrante: Lucas Alberto da Cunha (In Bust)

Inscrições: 23 de outubro a 2 de novembro

Realização: 16, 18, 20, 23, 25, 27 e 30 de novembro e 2 de dezembro.

Horário: 19h às 21h


Produção e Organização de Conteúdo para Divulgação

Ministrante: Sonia Ferro

Inscrições: 3 a 13 de novembro

Realização: 21 e 28 de novembro

Horário: 15h às 18h


Palmilhar a cidade em deambulações virtuais

Ministrante: Madalena Felinto

Inscrições: 14 a 24 de novembro

Realização: 1, 3 e 5 de dezembro

Horário: 19h às 21h


Serviço


2º Ciclo de Ações Educativas do Projeto Circular Campina Cidade Velha.

Inscrições no site: www.projetocircular.org

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo