• Luciana Medeiros

Revista Circular chega a 7ª publicação digital

Atualizado: 7 de jun. de 2021

Na Revista Número 6, trouxemos a visão de gestores ligados às três instâncias do poder público e que têm como responsabilidade e dever a salvaguarda de equipamentos patrimoniais nos bairros da Cidade Velha e Campina



Quando publicamos o Número Zero da Revista Circular, versão digital, em abril de 2016, pensamos que seria apenas um piloto e que não teríamos exatamente como levar o projeto editorial em frente naquele momento, devido às poucas condições estruturais para isso. O resultado, porém, foi potente e percebemos que este seria mais um mecanismo importante de comunicação para o centro histórico de Belém. Arregaçamos as mangas e não desistimos! Desde então, temos lançado em média duas duas publicações ao ano e agora chegamos à sétima edição, que temos a satisfação de compartilhar com todos vocês.

A gastronomia também é tema de uma das matérias da revista. Conversamos com chefs de cozinha com negócios nos bairros da Cidade Velha, Campina e Reduto.

Leiam, divulguem e compartilhem com os amigos.


Basta acessar: https://issuu.com/projetocircular/docs/revista_circular_6.


Na Revista Número 6, trouxemos a visão de gestores ligados às três instâncias do poder público e que têm como responsabilidade e dever a salvaguarda de equipamentos patrimoniais nos bairros da Cidade Velha e Campina. Falamos com Secult, Fumbel e Iphan, além do Ministério Público do Pará (MPE), que passou 2019 inteiro realizando audiências e pedindo relatórios e providências do poder público.


Também visitamos o Museu da Imagem e do Som do Pará (MIS-PA), que guarda em seu acervo verdadeiras relíquias, algumas, hoje, sob o risco de perda total. Destacamos iniciativas da sociedade civil sempre relevantes enquanto ações de preservação do patrimônio, da memória e de compartilhamento de informações sobre a área mais antiga da cidade. Você vai ler sobre o projeto Bike Tour, o Trilhas do Literário e o Urban Sketchers Belém, além do papo com os artistas que ministraram oficinas incríveis em 2019, dentro das ações educativas do Circular.


A gastronomia também é tema de uma das matérias da revista. Conversamos com chefs de cozinha com negócios nos bairros da Cidade Velha, Campina e Reduto. Afinal, Belém foi eleita a Cidade Criativa nesta área, pela UNESCO, em 2015. Mas quais os investimentos que têm sido feito para honrar este título?


Nesta edição você ainda terá oportunidade de ver as fotografias que integraram a exposição “A Pele que Habito”, aberta no 2º Fórum Circular, em novembro, e que pôde ser vista pelo público até dezembro de 2019, na Galeria Fidanza, no Museu de Arte Sacra.


Boa leitura: https://issuu.com/projetocircular/docs/revista_circular_6.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo